4.6 C
Felgueiras
Sexta-feira, Fevereiro 3, 2023

Pub

Quinta de Maderne
InícioOpiniãoOs pobres que nós somos

Os pobres que nós somos

A destempo já se multiplicavam alguns rumores. Rumores bastantes sobre um tempo que, supostamente, estaria a chegar ao fim.
Porém, embevecidos pelo valor e pela pujança do mesmo projecto, em Setembro, com renovada motivação, novas parcerias e novas rubricas, eis chegado aos leitores o seu jornal trintão, o único que em suporte de papel existe e persiste, para continuar a informar os felgueirenses.
Para uma renovada aurora, a mesma “pedrada no charco” voltou a salpicar o espaço, e quando já uns tantos, sem nenhuma informação segura, já vaticinavam o princípio do fim deste valioso património jornalístico.
Com novo design, mais leve, mais brilho, mais cor, melhor grafismo e nova paginação, eis que em Setembro abraçamos de novo o refrescado “Semanário de Felgueiras”, património cultural vivo do nosso concelho, referência passada e presente de qualidade na arte de bem informar.
Num concelho, onde a vida social não reconhece, na forma devida, a importância deste seu património jornalístico, é confrangedor verificar os sinais de outrora, mas também os presentes, demonstrados pela Câmara Municipal, que, ao invés de motivar e ajudar esta “jóia do concelho”, pouco ou nada faz no campo onde muitíssimo poderia fazer, concedendo mais e mais vezes registos e contratos no domínio da publicidade.
Publicidade que também tanto escasseia no sector económico e social, e que a existir, e por forma mais regular, tanto ajudaria a fazer toda a diferença na vida deste jornal.
Enquanto que por todo o no nosso espaço regional, existem inúmeras Câmaras Municipais que se preocupam e ajudam os órgãos concelhios da comunicação social escrita, em Felgueiras todos os ventos registados têm soprado no sentido contrário, não se percebendo, que este jornal é um património que importa preservar, mimando, ajudando e valorizando!
E a não ser, que no caminho decorrente, só já se esteja a pensar e a trabalhar noutros projectos jornalísticos, porventura e tão só à medida certa para servir os “novos” príncipes da nossa domus municipalis, não se pode compreender, nem aceitar, tal postura, uma vez que, não se pretendendo a nenhum título a atribuição de quaisquer subsídios, apenas se reclama uma política regular e deveras transparente no âmbito da concessão de produtos de publicidade.
No entretanto, não deixa de causar enorme perplexidade aos munícipes, o facto, de a sua Câmara Municipal pautar a sua intervenção política regular num quadro de manifesta demonstração de qualquer carinho para com este periódico, mas não só, – pois o “Expresso de Felgueiras” também terá imensas razões de queixa – sonegando-lhe reiteradamente apoios que a outros concede, mas, sobretudo, não disponibilizando, quando o poderia fazer, publicidade de inegável interesse para a vida e para a boa imagem do município.
Num concelho com tão grande importância económica e social, constitui uma grande baixeza cultural, não apoiar o único jornal em suporte de papel que carrega o nome da cidade sede e do próprio concelho, e que sem nenhum custo para a Autarquia, jamais deixou de informar as pessoas sobre a vida municipal do concelho.
Ao longo dos anos, tendo desaparecido do nosso convívio inúmeros títulos jornalísticos, é imperativo sensibilizar e convocar os felgueirenses para a importância que terá a ajuda de cada um no quadro deste processo, fazendo-se assinante regular e duradouro deste seu jornal, e, nos casos em que isso é possível e sempre que isso lhes compete, à Câmara Municipal e às Juntas de todas as Freguesias para a prestação de apoios mais amplos, mais regulares e mais consistentes.
Ademais, porque mais difícil do que salvar o jornalismo na era da desinformação, será salvar os jornais locais de todos aqueles que, no desempenho dos seus poderes públicos, ao contrário de ajudarem, possam estar a considerar desinteressante e dispensável a existência de qualquer meio de informação escrita, nomeadamente aquela, que, não obstante todas as dificuldades, continua a ser veiculada por este jornal.

Pub

Teco

Mais Populares

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Pub

Paulo Alves Terapias

Últimas