PUB
Inicio Política Eduardo Silva acusa Miguel Vilas Boas de "mentiras políticas" no Conselho Nacional

Eduardo Silva acusa Miguel Vilas Boas de “mentiras políticas” no Conselho Nacional

O atual líder da Juventude Popular de Felgueiras e candidato à liderança do CDS-PP Felgueiras, Eduardo Silva, manifestou desagrado com a intervenção do atual Presidente da Concelhia, Miguel Vilas-Boas Sampaio, porque considera que este interveio no Conselho Nacional “para se vangloriar do trabalho que não fez pelo partido”.

Há muito que se tem verificado uma oposição entre os dois centristas e também dentro da própria Comissão Nacional que já viu vários dos seus elementos a abandonar o partido e levou a uma reunião, este fim de semana, que durou até de madrugada.

Miguel Vilas-Boas e Francisco Rodrigues dos Santos - Semanário de Felgueiras
Miguel Vilas-Boas e Francisco Rodrigues dos Santos – Semanário de Felgueiras

Foi neste Conselho Nacional que o também Vogal da Comissão Política de Francisco Rodrigues dos Santos terá afirmado ideias que não agradaram ao seu, agora, opositor.

“Teve a coragem de afirmar convictamente a todos os conselheiros nacionais e à comunicação social presente, na sua intervenção, que está a trabalhar arduamente para as autárquicas há 3 anos, que filiou 110 novos militantes e que está preparado para colocar candidaturas pelo CDS-PP em todas as freguesias do concelho de Felgueiras”, começa por dizer Eduardo Silva.

Eduardo Silva
Eduardo Silva

Totalmente em desacordo com as informações proferidas pelo Presidente do CDS-Felgueiras, avança que se vê obrigado “a repor a verdade para que os dirigentes nacionais saibam das incongruências praticadas no discurso deste conselheiro nacional e dirigente local”.

“É mentira que Miguel Villas-Boas Sampaio esteja a trabalhar há 3 anos para estas autárquicas. Se realmente fosse verdade, teria uma voz ativa e forte no concelho de Felgueiras. O seu mandato está manchado pelas polémicas de Carla Carvalho (sua irmã) na Assembleia Municipal. Pois esta teima em continuar a não comparecer nas suas obrigações políticas, para quais foi eleita. Após o parecer da CCDR-N, Miguel Villas-Boas Sampaio só tinha um caminho: retirar a confiança política a Carla Carvalho. É acusado em praça pública de apoiar o SIM ACREDITA – Partido Socialista, Livre! Nunca clarificou a sua posição ou veio desmentir todas as acusações que lhe têm sido dirigidas”, esclarece o líder da JP.

As acusações não ficam por aqui, uma vez que no que toca a filiações, Eduardo Silva diz que desses “110 militantes muitos entraram sobre a sua alçada”, não podendo Miguel Vilas Boas “colher os louros do trabalho que não fez”.

“Miguel Villas-Boas Sampaio afirma já ter candidatos para todas as freguesias do concelho. Será mesmo verdade? Não lhe reconheço capacidade política para tal”, declara.

Segundo o líder da JP trata-se de “incompetência e vaidade” que “está a conduzir o partido para a sua extinção em Felgueiras”.

Recorde-se que Miguel Vilas-Boas revelou ao nosso jornal que apesar da crise no CDS-PP manteria o apoio a Francisco Rodrigues dos Santos.

PUB
PUB

Mais Populares

“Os cidadãos não precisam de qualquer declaração para saírem do concelho”

Na sequência das medidas especiais decretadas para Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, há várias questões que os cidadãos têm colocado.

Fábrica de calçado em Torrados encerra e deixa mais de 100 trabalhadores no desemprego

Uma fábrica de calçado, na freguesia de Torrados, encerrou na manhã de terça-feira. A que o SF apurou...

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas

Vasco Alves apresenta um voto de protesto devido a “agressões físicas” na AM

O deputado da bancada do PSD, Vasco Alves, declarou um voto de protesto relativamente a um episódio de agressão na última Assembleia...

Assembleia Municipal limitada a cinco lugares para o público esta noite

A Assembleia Municipal de Felgueiras, agendada para esta sexta-feira, será limitada a cinco lugares para o público. Numa publicação,...