PUB
InícioPolíticaJuventude Popular entende que ACLEM tem que fechar

Juventude Popular entende que ACLEM tem que fechar

A Juventude Popular considera que a ACLEM tem que fechar e adianta que o Município de Felgueiras tem que ser gerido de forma idónea e sem colocar em causa os princípios da boa gestão da “coisa pública”.

“Para além de a ACLEM ser um serviço externalizado que tem um custo elevado de manutenção – conselho de administração e pessoal – de cerca de 140.000.00€ anuais. Esta despesa aquando confrontada com o restante balancete mostra de forma inequívoca que a ACLEM não é uma empresa sustentável”, pode ler-se num comunicado enviado à nossa redação.

Segundo a Juventude Popular a ACLEM – ARTE, CULTURA E LAZER, EMPRESA MUNICIPAL, Empresa Municipal tem que fechar pois não cumpre com os critérios de sustentabilidade previstos na Lei.

“Nos últimos três anos, as prestações de serviços cobrem, pelo menos, 50% dos gastos totais dos respetivos exercícios: Cobrem apenas cerca de 1%. O peso contributivo do subsídio é inferior a 50% das receitas: O peso contributivo, do subsídio à exploração é cerca de 70%”, deram nota.

No mesmo comunicado a JP adianta que “não se pode oferecer resistência ou medo de encerrar uma empresa municipal, receando assim perder o apoio político do seu conselho de administração (visto que este é nomeado pelo Senhor Presidente da Câmara)”.

O partido jovem entende que “é prioritário valorizar os serviços internos – nomeadamente a Divisão da Cultura- que já têm o seu chefe de divisão e todos os restantes funcionários ao seu serviço” sendo desnecessário a repetição cíclica de serviço e de capital humano, que no fim, é pago com erários dos felgueirenses.

PUB
PUB
PUB
PUB

Mais Populares

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas