PUB
Inicio Política Palco de Ideias: Cemitério Municipal

Palco de Ideias: Cemitério Municipal

O novo cemitério municipal foi anunciado pela autarquia há alguns meses. O atual está sobrelotado e há muito tempo que se reclama um novo espaço. O que pensam os líderes políticos locais?

“Este espaço não deve conter referências a religiões, deve estar integrado na paisagem, ter um crematório e ser um local de paz e reflexão”. É assim que o líder do partido Livre, Mário Gaspar considera que deva ser o futuro Cemitério Municipal.

No entanto, Amandio Serrano (Chega) e António Peixoto (PCP) concordam que “são necessidades sentidas há vários anos” e que “urge resolver este problema com a maior brevidade possível”.

“Sendo uma necessidade que se verifica há diversos anos, é já um empreendimento a que foi dado sinal de partida – coisa que o executivo do PSD nunca tinha feito”, considera Mário Gaspar (Livre).

Já Miguel Vilas Boas (CDS) discorda ligeiramente de Mário Gaspar. “Apesar de ter sido anunciado com pompa e circunstância, segundo o que o CDS apurou esta é mais uma obra à espera da revisão do PDM”, diz.

“Os anteriores executivos não conseguiram apresentar soluções. O executivo Sim Acredita abriu o concurso para a elaboração do projeto, no primeiro mandato, reconhecendo os reais problemas da nossa terra”, considera Marco Silva (PS).

O Chega e o PCP concordam num aspeto: as famílias deparam-se com dificuldades em adquirir campas.

Apesar de concordar com algumas das características que o novo cemitério poderá vir a ter, Vítor Vasconcelos (PSD) lamenta o local escolhido. “Vai sobrecarregar uma das zonas principais da cidade, na infraestrutura futura de uma boa acessibilidade ao Monte de Santa Quitéria”.

Quem parece ir de encontro a esta visão é Pedro Ferreira (Iniciativa Liberal) que considera que as acessibilidades merecem uma especial atenção. “Não deve esquecer as acessibilidades um calcanhar de Aquiles, pese embora a previsão de novos acessos pelo Monte de Santa Quitéria”, refere.

“É uma promessa eleitoral que vai tardar em cumprir-se, num projeto mal-amanhado de soluções, sem participação pública”, lamenta Vítor Vasconcelos (PSD).

Devido à situação do PDM Miguel Vilas Boas (CDS-PP) acredita “ser preciso esperar mais alguns anos para ver este problema resolvido”.

“Esperemos que a mesma não fique pelo papel”, refere António Peixoto (PCP).

PUB
PUB
PUB

Mais Populares

“Os cidadãos não precisam de qualquer declaração para saírem do concelho”

Na sequência das medidas especiais decretadas para Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, há várias questões que os cidadãos têm colocado.

Fábrica de calçado em Torrados encerra e deixa mais de 100 trabalhadores no desemprego

Uma fábrica de calçado, na freguesia de Torrados, encerrou na manhã de terça-feira. A que o SF apurou...

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas

GUERRA, FUTEBOL E VACINAÇÃO – AS VITÓRIAS DO LADÁRIO

Em 1961 erguia-se no alto do Ladário, a Casa do Povo da Lixa. Uma das pessoas que deitou mãos à obra para...

Polidesportivo da Zona Desportiva de Felgueiras pode ser alugado

A Câmara Municipal de Felgueiras requalificou o Polidesportivo da Zona Desportiva de Felgueiras, num investimento superior a 30 mil euros.