PUB
Inicio Opinião Liberdade para pensar, Liberdade para escrever

Liberdade para pensar, Liberdade para escrever

Muito se tem falado de Democracia em Portugal. Estará em risco? Está posta em causa? São os partidos? Os antigos? Os recentes? Os “independentes” sem o nunca terem sido? Os “novos” políticos impreparados? A comunicação social tendenciosa? Os governantes que cometem erros constantes, que muitos portugueses “pagam” com a vida? Serão todos os que se tivessem educação e responsabilidade, admitiriam os seus fracassos e demitiam-se num acto de correcção e respeito para com os outros? Ou a culpa será das bastonárias que só se conseguem fazer ouvir quando utilizam linguagem de choque? Será culpa exclusiva das redes sociais que permitem que se “partilhem” mentiras como sendo verdades e se desvirtue a discussão política, das ideias e das prioridades, com respeito, urbanidade e educação?São apenas questões para reflexão. Cada um assumirá o seu “papel” na sociedade.

O SF inicia nesta edição mais uma “nova” rubrica, de política e dos actores políticos que actuam no nosso espaço concelhio – é o Palco de Ideias.

Contactamos todas as forças partidárias com estruturas activas no concelho e questionamos. Todos aceitaram o desafio. Este tema sobre a pandemia, o que foi feito e o que poderia ter sido, é a 1ª questão de muitas e que tem como objectivo que os intervenientes dos vários quadrantes políticos escrevam o que defendem e pensam sobre matérias que o SF considera fundamentais para o esclarecimento e para a vida dos felgueirenses. Apesar do peso dos vários partidos ser bastante diferente, entendemos que todos teriam o mesmo espaço limite para expressarem as suas opiniões, prioridades e acções.

Entendo que o SF é um espaço único e privilegiado para que sejam debatidas ideais e ideias das várias forças vivas do concelho. Esse é o nosso papel e este é o vosso palco.

Somos um órgão de comunicação social local, independente de qualquer tipo de poder, económico ou político, ou de qualquer grupo de pressão. Orientamo-nos pelo princípio da dignidade da pessoa humana e pelos valores da democracia, da liberdade e do pluralismo.

Apesar dos nossos 30 anos de publicações, nesta edição temos uma entrevista inédita, ao nosso ilustre felgueirense Tony Miranda, que nos falou sobre o seu percurso e sobre a sua vida. E que grande história de vida. É uma honra poder registá-la em mais uma página de Felgueiras. Como felgueirense sinto um enorme orgulho e privilégio poder conversar com o homem que teve um grande sonho, lutou e conquistou o mundo na alta costura.

PUB
PUB

Mais Populares

“Os cidadãos não precisam de qualquer declaração para saírem do concelho”

Na sequência das medidas especiais decretadas para Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, há várias questões que os cidadãos têm colocado.

Fábrica de calçado em Torrados encerra e deixa mais de 100 trabalhadores no desemprego

Uma fábrica de calçado, na freguesia de Torrados, encerrou na manhã de terça-feira. A que o SF apurou...

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas

Animais envenenados em Idães

Na zona do Retiro, Salgueirinhos e Granja têm sido envenenados animais domésticos, informou a Junta de Freguesia de Idães.

Alerta: Os ginásios GO FITNESS estão sem taxas de inscrição, com seguro a 0 euros, (e preços desde 3.90€/semana)

A campanha é válida até ao fim do mês, contudo as vagas são limitadas. Com a consciência de que...