PUB
InícioPolíticaFelgueiras recusa novas medidas

Felgueiras recusa novas medidas

O presidente da Câmara de Felgueiras, Nuno Fonseca, explicou esta quinta-feira que o concelho “não pode ser outra vez penalizado” por um “desfasamento” de dados reportados pelas autoridades de saúde e apelou ao Governo para ponderar sobre novas medidas.

O Governo decretou, a partir de 23 de outubro, o dever de permanência no domicílio, a proibição de quaisquer celebrações e eventos com mais de cinco pessoas (salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar), bem como a obrigatoriedade de os estabelecimentos encerrarem às 22:00, com algumas exceções, nos concelhos de Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira.

Refira-se que na quarta-feira a ministra da Saúde, Marta Temido e o primeiro ministro, António Costa, colocaram a hipótese de aplicar mais medidas nos três concelhos, o que motivou que os autarcas emitissem uma carta a recusar mais medidas.

Na conferência de imprensa desta quinta-feira, Nuno Fonseca, explicou que “os números de casos devido à Covid-19 apresentados, não batem certo”.

“Aquilo que alertamos é para ter cuidado naquilo que tem a ver com a nova decisão de medidas a implementar castradoras para a nossa economia, que têm sido muitas, e que ponderassem bem”, explicou o autarca de Felgueiras, que considera que há uma falta de “noção” em Lisboa sobre o concelho.

PUB
PUB
PUB
PUB

Mais Populares

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas