PUB
Inicio Sociedade A Província Portuguesa da Congregação da Missão lamenta a morte do Padre...

A Província Portuguesa da Congregação da Missão lamenta a morte do Padre Horácio Gomes

A Província Portuguesa da Congregação da Missão informou através de um comunicado que na manhã desta sexta-feira, no Seminário de São José, em Lagares, o Padre Manuel Horácio Alves Gomes, “terminou a sua peregrinação na terra e partiu para a Casa do Pai, vítima de paragem cardiorrespiratória, após ter testado positivo à covid-19”.

Devido á pandemia provocada pela Covid-19, “não será celebrada missa exequial. O corpo do Padre Horácio Gomes vai a sepultar no Cemitério de Cucujães, sua terra natal”.

A Missa do Sétimo Dia, presidida por D. Manuel Linda, bispo do Porto, será celebrada no dia 14 de novembro, às 11h00, na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Lagares.

O Padre Horácio Gomes nasceu em Cucujães, Oliveira de Azeméis, no dia 27 de fevereiro de 1937. Aos 11 anos entrou para o Seminário de São José, em Lagares, tendo depois frequentado os seminários dos Padres Vicentinos em Mafra e em Pombeiro. Entrou no noviciado da Província Portuguesa da Congregação da Missão, em Mafra, no dia 18 de julho de 1954, tendo emitido votos perpétuos a 19 de julho de 1959, em Pombeiro, e concluído os estudos teológicos no Seminário de Santa Teresinha, em Pombeiro, no ano de 1962.

Foi ordenado sacerdote a 22 de julho de 1962, pelo bispo D. Manuel Maria Ferreira da Silva, no Mosteiro de Pombeiro, em Felgueiras, tendo no mesmo ano sido enviado para a missão dos Padres Vicentinos em Moçambique, onde serviu durante várias décadas. Teve uma atividade missionária muito intensa em Moçambique, até ao ano de 1986, como professor, reitor do Seminário de Nicoadala, como superior e pároco, tendo inclusivamente assumido, entre os difíceis anos de 1977 e 1984, o serviço de vice-provincial da Vice-Província de Moçambique da Congregação da Missão.

Depois de um período no Estados Unidos na América, onde concluiu o Doutoramento em Sociologia, regressou a Portugal em 1994. Colaborou no governo da Província, quer enquanto assistente provincial, quer como conselheiro provincial, e esteve comunidades dos Padres Vicentinos ao serviço das paróquias de Nisa (a partir de 1994) e Ponte de Sor (a partir de 2005), ambas na Diocese de Portalegre – Castelo Branco. A partir de 2008, estando nas comunidades dos Padres Vicentinos em Felgueiras (primeiro, em Santa Quitéria e, depois, no Seminário de São José, em Lagares), apoiou na administração do Lar Vicentino de Santa Quitéria e nos serviços das paróquias da vigararia confiadas à Província Portuguesa da Congregação da Missão.

Era, há vários anos, Pároco nas Paróquias de Lagares, Pombeiro e Vila Fria, na Diocese de Porto, missão que, apesar da sua idade, desempenhava com muita vitalidade, dinamismo e criatividade.
A Província Portuguesa da Congregação da Missão, a sua família e as paróquias onde servia unem-se agora em oração e agradecem a Deus pelo seu ministério sacerdotal e pelo dom da sua vida.

PUB
PUB

Mais Populares

“Os cidadãos não precisam de qualquer declaração para saírem do concelho”

Na sequência das medidas especiais decretadas para Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira, há várias questões que os cidadãos têm colocado.

Fábrica de calçado em Torrados encerra e deixa mais de 100 trabalhadores no desemprego

Uma fábrica de calçado, na freguesia de Torrados, encerrou na manhã de terça-feira. A que o SF apurou...

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas

Encontro Regional Norte 2020 da Juventude Mariana Vicentina decorreu on-line

O Encontro Regional Norte 2020, da Juventude Mariana Vicentina, decorreu de forma diferente, este domingo, com atividades apenas on-line.

Número de infetados diminui em Felgueiras

O número de novos casos, por 100 mil habitantes, no concelho de Felgueiras, diminuiu hoje, face ao último relatório da Direção-Geral da...