Inicio Felgueiras ao minuto Associação 'Querido Aconchego' não cumpre a lei e terá de deixar abrigo...

Associação ‘Querido Aconchego’ não cumpre a lei e terá de deixar abrigo temporário

A Associação “Querido Aconchego” terá de abandonar o “abrigo temporário”, em instalações cedidas pela Câmara Municipal, por não cumprir a legislação em matéria de acolhimento de animais abandonados.

Uma vistoria da Direção Geral de Veterinária apontou várias lacunas, entre elas o não cumprimento da legislação em vigor. O espaço não possui “boxes” para acolher os animais, nem tem um veterinário permanente, conforme determina a lei para os centros de hospedagem sem fins lucrativos.

A inspeção decorreu após várias denúncias.

A Vereadora da Saúde e Salubridade Pública, Rosa Maria Pinto, confirmou ao SF que a associação terá de abandonar o espaço e encontrar uma solução para os animais.

Refira-se que a autarquia atribuiu esta quinta-feira, em reunião do executivo, um apoio financeiro de 16.800 euros para ajudar a Associação “Querido Aconchego”.

PUB
PUB

Mais Populares

Imagens captadas pela leitora do Semanário de Felgueiras: Manuela Freitas

Conheça os melhores locais do concelho de Felgueiras, pela lente dos nossos leitores. Mosteiro de Pombeiro

António Moura Guedes sócio-gerente da Triple Marfel

"O meu pai foi a alma da Triple Marfel" António Moura Guedes, tem 63 anos, é administrador...

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas

Festas em honra de S. Roque, na Refontoura

As festas em honra de S. Roque, na freguesia da Refontoura decorrem, de forma diferente, este ano, devido à Covid-19.

Regilde ofereceu cabazes de Natalidade

A Junta de Freguesia de Regilde ofereceu quatro cabazes de Natalidade relativos aos bebés nascidos em 2019. "Para além...