PUBspot_img
InícioPolíticaVasco Alves apresenta um voto de protesto devido a “agressões físicas” na...

Vasco Alves apresenta um voto de protesto devido a “agressões físicas” na AM

O deputado da bancada do PSD, Vasco Alves, declarou um voto de protesto relativamente a um episódio de agressão na última Assembleia Municipal.

“No final da última AM que decorreu no passado dia 11 de dezembro de 2020, que terminou depois das três da manhã, nesta mesma sala, o Presidente da Mesa de Assembleia de Freguesias da União de Freguesias de Margaride, Várzea, Lagares, Varziela e Moure, dirigiu-se a mim com agressões físicas e verbais, suponho na sequência de uma intervenção minha que não teria sido do seu agrado”, começa por dizer.

O deputado explica que as agressões decorreram num espaço “onde deve ser salvaguardada a segurança dos eleitos”.

Segundo Vasco Alves é incompreensível como é que “a polícia municipal que está na entrada a controlar as entradas de deputados e público, permitiu àquela hora da noite, a entrada daquela pessoa neste recinto”, diz.

O deputado municipal recordou o facto de Felgueiras ter sido satirizado por todo país devido às agressões a Francisco Assis.

O Presidente da Câmara, Nuno Fonseca, avançou que “condena todo o tipo de violência, seja ela de que natureza for” explicando que “não lhe foi reportada nenhuma situação na última Assembleia, já não falando da GNR mas da Polícia Municipal”.

O voto de protesto foi reprovado com 19 votos contra. 15 deputados votaram a favor e dez abstiveram-se.

PUBspot_img
PUBspot_img
PUBspot_img

Mais Populares

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas