PUBspot_img
InícioPolíticaPSD sobre o encerramento do Centro de Saúde de Marco de Simães:...

PSD sobre o encerramento do Centro de Saúde de Marco de Simães: “Afinal basta custear as despesas com a abertura de uma nova porta”

O PSD Felgueiras evidenciou que o encerramento provisório do Centro de Saúde de Marco de Simães, até dia 9 de novembro, “se deve à inexistência de uma segunda porta que possibilite a circulação das pessoas por uma entrada e saída diferentes, na contingência à Covid-19” e consideram que o Presidente da União de Freguesias de Macieira da Lixa e Caramos deveria “ajudar a comparticipar”.

“Afinal basta custear as despesas de reestruturação do imóvel com a abertura de uma nova porta”, explica o partido local, uma vez que aquela Unidade de Saúde, apenas tem uma porta de circulação e as medidas impostas pelas autoridades de saúde, preveem duas portas para evitar contactos entre os utentes.

Segundo os Sociais Democratas, este espaço de saúde serve mais de 3.000 doentes, “que foram obrigados a deslocalizarem-se para a Unidade de Saúde da Serrinha, com os inconvenientes de tempo e de despesas individuais”, explicam.

Na mesma nota, o PSD Felgueiras acusa o Presidente da União de Freguesias de Macieira da Lixa e Caramos de se vitimizar perante a Comunicação Social, “em busca de show off” e que este deveria “ajudar a comparticipar as despesas com a abertura de porta para saída e circulação de utentes, mantendo em funcionamento o Centro de Saúde”.

PUBspot_img
PUBspot_img
PUBspot_img

Mais Populares

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas