PUBspot_img
InícioPolíticaLíder da JP Felgueiras: "Carla Vilas-Boas trocou o silêncio político por mais...

Líder da JP Felgueiras: “Carla Vilas-Boas trocou o silêncio político por mais uns ‘trocos’ ao final do mês”

O líder da Juventude Popular Felgueiras está em ruptura com a concelhia do CDS-PP local e esclareceu através de um comunicado, as razões.


“Pois bem hoje chegou o dia de desmistificar tudo”, começa por dizer.

Segundo Eduardo Silva, líder da jota, “Carla Vilas-Boas, irmã de Miguel Vilas-Boas atual presidente da comissão política do CDS-PP Felgueiras, foi nomeada diretamente pelo atual presidente da câmara de Felgueiras, Nuno Fonseca, para chefe de divisão”, refere.


“Com esta jogada mestre, Nuno Fonseca compra o CDS-Felgueiras e Carla Vilas-Boas trocou o silêncio político por mais uns ‘trocos’ ao final do mês. Ocupou o ‘tacho’ do partido socialista”, avançou.

O líder da juventude popular de Felgueiras considera que a atual direção do CDS-PP Felgueiras “vendeu o seu silêncio político ao ‘SimAcredita!’, recusou e barrou sempre iniciativas políticas que pudessem ferir o poder socialista do executivo municipal”.

“Após o sucedido, Miguel Vilas-Boas, o seu irmão ganha a comissão política do CDS-PP para silenciar o CDS-PP Felgueiras para manter o poder instalado”, pode ler-se através de uma nota.

O líder da jota também esclareceu que tentou abordar Miguel Vilas-Boas em várias situações e que este “sempre reagiu com uma atitude negativa e violenta negando-se democraticamente a discutir a situação”.

Carla Vilas-Boas Carvalho

“Negou-se sempre a pedir que a sua irmã se demitisse como deputada da assembleia municipal”, assume.

Eduardo Silva afirma que “Carla Vilas-Boas nunca compareceu nas suas obrigações ao partido nem às obrigações que foi eleita pelos felgueirenses que votaram no CDS, mas claramente demonstrou controlar o presidente do CDS-PP Felgueiras, Miguel Vilas-Boas, o seu irmão”, levando-o “a falar e defender sempre os seus interesses pessoais”.

“O CDS serve Felgueiras e não se serve de Felgueiras. Quem continuar a apoiar esta comissão política está a apoiar o que mais de podre tem a política”, termina.

PUBspot_img
PUBspot_img
PUBspot_img

Mais Populares

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas