PUBspot_img
InícioCulturaO antigo Seminário de Santa Teresinha

O antigo Seminário de Santa Teresinha

O antigo Seminário de Santa Teresinha, em Pombeiro, ardeu durante a noite, “74 anos depois do primeiro incêndio”, revela o Padre Horácio Gomes, na página da paróquia.

“Foram seus grandes impulsionadores e construtores, os Padres Sebastião Mendes e Francisco de Sousa”.


Este seminário funcionou de 1928 até 1967 como Seminário Maior (onde se aprendia Filosofia e Teologia), até à criação da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa.

“Aqui estudaram e foram ordenados 96 sacerdotes, dos quais se destacam D. Augusto César, bispo Emérito de Portalegre-Castelo Branco e D. Germano Grachane, primeiro Bispo de Nacala, Moçambique”.


Após a passagem para a Faculdade de Teologia, Santa Teresinha assumiu o papel de Escola Apostólica, que terminou em 1981, uma vez que o Seminário de Oleiros em Lagares, assumia essa função.

Santa Teresinha deixa de ter função atribuída e é então vendido em 1988, passando de mão em mão privada até hoje e sem projeto atribuído

“O seminário era um centro de novidades para a população: telefone, rádio, televisão, cinema. Era também espaço onde se fazia teatro”, pode ler-se.

“Santa Teresinha era também uma fonte de rendimento local, pois não faltavam trabalhadores da região na quinta e na casa. Pastoralmente era centro de catequese e daqui saíam as iniciativas litúrgicas e festivas. Foi também este espaço palco da chegada junto dos seminaristas e equipas formadoras das novidades do Concílio Vaticano II, que decorreu em Roma e tantas mudanças trouxe à Igreja. Aqui se refletiram e discutiram esses documentos”, termina.

PUBspot_img
PUBspot_img
PUBspot_img

Mais Populares

Subscreva a nossa newsletter

Para ser atualizado com as últimas notícias, ofertas e anúncios especiais.

Últimas